UNILATERAL

fotoperformance-2-denicorsino-120dpi-l1170px-para-site

Unilateral. A tentativa de interação sujeito – MURO indica a intenção situada de um só lado. Como sujeito observo a imparcialidade do objeto. O corpo como superfície em movimento confronta o MURO, superfície estática, e procura entendê-lo a partir da aproximação e contato. Mergulho no objeto, atendendo às limitações impostas pelo mesmo, percorrendo-o sensorialmente, inscrevendo em cada gesto a memória da cidade sugerindo uma dança rica em percepções.

O MURO se torna verdadeiramente relevante àqueles que se propõe a vivenciar o espaço urbano cotidiano. Esta relação permite-nos compreender a ‘cidade como ambiente de existência do corpo’ (JACQUES, 2008, p.187).

O objeto tridimensional MURO inclina-se para um só lado: aquele da não-interação. Sujeito e MURO, cada um na sua egoísta unilateralidade.  [DeniCorsino, 2016]

\\ Fotoperformance

_Sequência de 15 fotografias, papel linho, 29 x 33 cm.

_Fotografia, sublimação em tecido 100% polyester, 85 x 52 cm.

_ Local: Muro do Cais do Porto – Porto Alegre , Brasil

_Fotografia: Deni Corsino \\ Assistente de fotografia: Aline Corsino

_28 Jun2016

fotoperformance-denicorsino-120dpi-l1170px-para-site

 

deni-corsino-design-de-website

icone-pinterest-deni-corsino-design-visual-grigio-24pxicone-twitter-deni-corsino-design-visual-grigio-24pxicone-social-media-pinterest-deni-corsino-design-visual-grigio-24pxicone-social-media-facebook-deni-corsino-design-visual-grigio-25px-designerassinatura-denicorsino-inspired-by-art_moved-by-design-grigio50-24px